para email

9ª videoconferência do “CONITEC em Evidência”: Utilidade dos testes diagnósticos para decisões em saúde

No próximo dia 31 de julho às 16 horas, acontece a 9ª videoconferência do “CONITEC em Evidência”, que discutirá o tema: “Utilidade dos testes diagnósticos para decisões em saúde”, a ser apresentado pela técnica do Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde (DGITS/SCTIE), Fabiana Raynal Floriano.

O objetivo do “CONITEC em Evidência” é permitir aproximação, debate e esclarecimento junto à sociedade de temas relevantes na área da avaliação de tecnologias em saúde (ATS), bem como disseminar conteúdos produzidos pela CONITEC, hospitais, instituições parceiras e núcleos de avaliação de tecnologias em saúde (NATS).

Veja como participar:

Caso queira assistir do seu computador
A videoconferência será transmitida ao vivo pela Internet, por meio deste link.
Recomenda-se utilizar o navegador Internet Explorer.
Para realizar perguntas e fazer comentários durante a transmissão, envie e-mail para conitec.evidencia@saude.gov.brou pelo Twitter.

Caso tenha equipamento de videoconferência disponível
Para receber as instruções de acesso, envie mensagem para conitec.evidencia@saude.gov.br, com as seguintes informações:
– Nome da instituição;
– IP do equipamento;
-Nome do técnico de suporte local;
-Contato do técnico de suporte local (e-mail e telefone).

Fonte: http://conitec.gov.br/ultimas-noticias-3/16754-testes-diagnosticos-e-tema-do-conitec-em-evidencia

para email

El Salvador: Pesquisa Nacional de Política de Saúde

Objetivo geral:

Desenvolver o Sistema Nacional de Pesquisa em Saúde, integrando, orientar e regular o processo de pesquisa com os padrões metodológicos e éticos que permitem que seus resultados sejam utilizados para o desenvolvimento científico e tecnológico, visando melhorar a saúde e qualidade de vida no contexto do indivíduo, família e comunidade.
Objetivos específicos:
1. Gerar governança na pesquisa em saúde através da criação de um quadro regulamentar que irá dirigir e coordenar as ações no âmbito dos princípios desta política.
2. Promover a capacitação e especialização de recursos humanos para a investigação e assegurar a sua sustentabilidade financeira.
3. Promover e incentivar a cultura de pesquisa de saúde do país.
4. Orientar as intervenções de saúde com base científica para o benefício das pessoas e do meio ambiente.
5. Baseando pesquisa em saúde sob os princípios da igualdade de gênero, etnia, deficiência, proteção social, direitos humanos e diversidade.

Link: http://asp.salud.gob.sv/regulacion/pdf/politicas/politica_nacional_de_investigacion_para_la_salud.pdf

para email

Videoconferência – “Estudo de caso da elaboração de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) de imunossupressão em transplantes”

Com o propósito de debater temas que envolvam a avaliação de tecnologias no SUS, a CONITEC informa que será realizada no dia 12/06, das 16h às 17h, a 6ª videoconferência do programa “CONITEC em Evidência” de 2017. O tema “Estudo de caso da elaboração de Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas (PCDT) de imunossupressão em transplantes” será apresentado pela Dr.ª Evelinda Trindade, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.
PCDT – Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas são documentos que visam garantir o melhor cuidado de saúde no âmbito do SUS, estabelecendo os critérios para o diagnóstico de uma doença ou agravo à saúde; o tratamento preconizado, incluindo medicamentos e demais tecnologias apropriadas; as posologias recomendadas; os cuidados com a segurança dos doentes; os mecanismos de controle clínico e o acompanhamento e verificação dos resultados terapêuticos a serem buscados pelos profissionais de saúde e gestores do SUS.

A videoconferência será transmitida ao vivo pela Internet, por meio deste link.

para email

Webinar – “Big data e Evidência do Mundo Real”

‘’Big data e Evidência do Mundo Real’’

A Rede de Avaliação de Tecnologias em Saúde das Américas (RedETSA) tem o prazer de convidá-lo para a 18ª edição do seu programa de webinars. 26 de maio, como parte do ciclo de webinars da RedETSA, Augusto Afonso Guerra Jr., da Universidade Federal de Minas Gerais Brasil, falei uma apresentação sobre “Big data e Evidência do mundo real.”

O objetivo deste webinar era explorar a importância da origem dos dados sobre avaliação de tecnologias em saúde. O seminário discutido a diferença entre ensaios clínicos randomizados e evidências do mundo real no uso de bancos de dados administrativos e epidemiológicos para medir os dados de efetividade. Embora os dados do mundo real possam ser muito complexos, fornecem uma visão difícil de alcançar por meio de ensaios clínicos randomizados. Esta evidência do mundo real pode servir para assegurar que os sistemas de saúde estão obtendo os resultados esperados com a incorporação de tecnologias nos sistemas de saúde. O Professor Augusto Guerra apresentouum caso concreto do Brasil de uso de Big Data para avaliação de tecnologias em saúde.

O webinar está disponível no seguinte link: https://youtu.be/Xakk0G2td7U 

 

x congresso

X Congresso Brasileiro de Epidemiologia

O próximo Congresso Brasileiro de Epidemiologia oferece cursos pré-congresso com baixo custo e de temas de interesse para ATS. Destacamos:
1- Estratégias para Melhorar a Visibilidade das Atividades Científicas e Ampliar o Impacto da Pesquisa (Juliana Reis – Fiocruz)
2 – Redação e Publicação Científica (Prof. Mauricio Pereira – UnB e Leila Posenato Garcia – Ipea)
3 – Revisão de Artigos Científicos (Prof. Leopoldo Antunes – USP e Profa. Maria Amelia Veras – FCMSCSP)
4 – Maximize o Impacto da sua Pesquisa e Atraia Colaborações: Uso de Diretrizes de Relato para a Redação de Artigos de Pesquisa (Iveta Simera – Univ Oxford e Rede EQUATOR) – este curso sera em ingles
5 – Tópicos Contemporâneos sobre Integridade Científica e Ética em Publicações (Sonia Vasconcelos – UFRJ)
6- Como escrever e publicar artigos científicos (Laura Rodrigues – London School of Hygiene & Tropical Medicine.
7-Diretrizes Baseacdas em Evidência- Arn Migowski, Airton Stein e Marisa Santos – INC
A lista completa de cursos está disponível no link:
As inscrições serão limitadas aos primeiros inscritos, dentro do número de vagas ofertadas.
para email

Webinars de Gestão da Tecnologia Sanitária

O Programa de Tecnologia da Saúde da OPS / Sede tem colaborado com Tobey Clark, Diretor da Associação de Serviços Técnicos da Universidade de Vermont com o fim da apresentação dos Webinars de Gestão da Tecnologia Sanitária.

O webnar, intitulado “Planejamento e Gestão da Tecnologia Sanitária” destacou a compreensão básica dos princípios de planejamento e gestão da tecnologia sanitária – avaliação, presupuestación, aquisição, despliegue, educação / formação, segurança do paciente, manutenção e substituição / eliminação. Planificação e gestão centrada em dispositivos médicos, sistemas de informação clínica e sistemas convergentes que incorporam dispositivos médicos, redes e telecomunicações.

O webinar está disponível, em inglês, no seguinte link:  https://youtu.be/uCuV2qe3H_4

O webnar, intitulado “Manutenção de equipamentos médicos”, incluirá uma revisão geral sobre a manutenção de equipamentos médicos e seu alcance, e inclui questões como a supervisão técnica e reparação de equipamentos médicos, testes de desempenho, procedimentos de manutenção, gestão de contratos de serviços, manutenção gerenciamento de software, inventario e gerenciamento de documentos.

O webinar está disponível, em inglês, no seguinte link:  https://youtu.be/0FLJZE7eC30

para email

Workshop internacional sobre MCDA

Foi organizado um Workshop Internacional sobre Análise de Decisão Multicritério (MCDA) no dia 15 de maio de 2017. O evento foi organizado pelo NATS-Instituto Nacional de Cardiologia e contou com a participaçao de João Bana e Costa, engenheiro que realizou oficina prática com o software M-Macbeth. O método é promissor e vem sendo estudado pelo NATS para suporte a decisões complexas. Estiveram presentes membros de NATS do IFF, INTO, INC e do DGITS Ministério da Saúde.
 
para email

Desinversão em tecnologias sanitárias – o caso de Insulina Glargina em Ecuador

‘’Desinversão em tecnologias sanitárias – o caso de Insulina Glargina em Ecuador’’

 

No dia 21 de abril, Christian Gavilanes Castellanos, Andrea Sánchez e Ruth Lucio, do Ministério da Saúde, Equador, dieron una presentación sobre “Desinversão em tecnologias sanitárias – o caso de Insulina Glargina em Equador”.

O objetivo do webinar foi explorar o tema da desinversão, como um resultado potencial do ETS, cujo resultado é um acesso maior à população que tecnologias eficientes e segurança. A apresentação proporcionou como exemplo a experiência do Ministério de Saúde Pública do Equador com o caso de Insulina Glargina.

En 2015, depois da modificação de critérios de inclusão de princípios ativos no Cuadro Nacional de Medicamentos Básicos (CNMB), se realizou a revisão de vários medicamentos que foram incluídos em versões anteriores, entre eles a Insulina Glargina. Basear-se em uma nova evidência científica, concluiu-se que a eficácia da IG é similar à de medicamentos e incorporados para a mesma indicação. A partir de conclusões se procedeu à desinversão de Insulina Glargina e sua exclusão do CNMB. ”

A apresentação do webinar encontra-se disponível, em espanhol, no link: Webinar – “Desinversión en tecnologías sanitarias – el caso de Insulina Glargina en Ecuador’’