Como se filiar?

Aplicação para incorporação à RedETSA

Para ser aceito como novo membro da RedETSA, a instituição deve atender aos seguintes requisitos:

1. Expresse seu interesse em fazer parte da RedETSA, através de uma carta de intenção, descrevendo:

  • O trabalho realizado no campo da ATS;
  • O número de profissionais envolvidos;
  • As principais atividades realizadas na ATS nos últimos dois anos

Caso o pedido seja de um Ministério ou Autoridade Reguladora sem experiência prévia na ATS, a carta deve indicar os motivos da instituição para solicitar a entrada na Rede.

2. Nomear formalmente dois representantes, um titular e um suplente para participar das reuniões, seja virtual ou pessoalmente.

Podem ser membros da RedETSA:

  • Ministérios da Saúde, autoridades reguladoras, instituições de avaliação de tecnologia da saúde de natureza pública e instituições responsáveis pela tomada de decisões sobre a incorporação de tecnologias nos sistemas de saúde.
  • Instituições educacionais e de pesquisa públicas e privadas sem fins lucrativos que tenham pelo menos dois anos de experiência na produção de relatórios de DST e / ou pesquisa sobre o processo de tomada de decisão em saúde.
  • Hospitais sem fins lucrativos que possuem uma área de ETS institucionalizada e concluíram estudos de ETS pelo menos nos últimos dois anos.
  • Centros Colaboradores da Organização Mundial de Saúde na Região, pelo tempo que eles mantêm esse status.

Para mais informações, escreva para webmaster@redetsa.org.