ATS E DISPOSITIVOS MÉDICOS

Alex Faulkner no prefácio do livro Medical Technology into Healthcare and Society: a Sociology of Devices, Innovation and Governance, England 2009, apresenta que o tema dipositivos médicos ainda é relativamente negligenciado quando comparado ao setor farmacêutico, já que se desconhecem muitos dos mecanismos que os governam e que abrangem os seus processos de produção, promoção, adoção e avaliação.

Abaixo são apresentados algumas referências onde o tema de dispositivos médicos e Avaliação de tecnologia em saúde são abordados:

1. No livro, The Technological Imperative in Medicine 1981, é discutido alguns aspectos históricos sobre a adoção de tecnologia e também expõe a existência de um imperativo tecnológico.  Tema que também é abordado pelo Dr. Bjørn Hofmann, Universidade de Oslo, no artigo Is there a technological imperative in health care?.

2. Redirecting innovation in U.S. Healthcare, Options to Decrease Spending and Increase Value, 2014. Publicação feita pela corporação RAND em que se abordam muitos aspectos relacionados com a inovação tecnológica e sobre os dipositivos médicos.

Contribuição: Maurício Duarte Ruano